Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

Isabel Allende conta histórias de paixão...

publicado por Nucha às 12:59
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Grupos de apoio...

Está em desenvolvimento um movimento de intervenção social, que mereceu já o acolhimento de mais de uma centena de pessoas, que visa apoiar, durante um ano, com a quantia mensal de 250 euros, famílias que, residindo em qualquer ponto do país, passaram a encontrar-se em situação económica muitíssimo difícil, em virtude de despedimento, por fecho de fábricas ou outras empresas decorrente da presente crise.

A verificação do preenchimento das acima referidas circunstâncias relativas a cada família, que fundamentam a atribuição do apoio, é da responsabilidade do Padre Jardim Moreira, Presidente da Rede Europeia Anti Pobreza/Portugal, que, no momento, está já a seleccionar famílias residentes, nomeadamente, no Vale do Ave.

Para efectivar o apoio, são constituídos grupos.

Cada grupo, composto por dez pessoas, responsabiliza-se pelo apoio económico, durante um ano, a uma família concreta, contribuindo, cada elemento do grupo, com 25 euros por mês.

A equipa coordenada pelo Padre Jardim Moreira verificará, ao 4.º e 8.º mês do decurso da acção, se a família continua a necessitar do referido apoio económico.

É da responsabilidade do Prior da Paróquia de Santa Maria de Belém (Jerónimos), em Lisboa, a abertura de conta específica dos Jerónimos, relativa a cada grupo, para recepção dos donativos, passagem dos correspondentes recibos e subsequente transferência para a família.

O nome da família a apoiar é confidencial, para respeitar o seu direito à intimidade e à privacidade.

Este movimento não tem qualquer conotação religiosa.

A situação do "próximo" assume, presentemente, tal gravidade que, para quem tem emprego assegurado, este apoio ― cerca de 83 cêntimos por dia, durante um ano ― não constitui apenas uma questão de solidariedade. É uma exigência de justiça!

Em ordem à criação de uma rede social de apoio aos mais frágeis, quem aderir a esta acção trará consigo mais uma pessoa amiga. E todos seremos poucos...

A presente acção de intervenção social iniciar‑se‑á quando forem indicadas, pelo Padre Jardim Moreira, as primeiras famílias.

Serão, então, comunicados a quem, entretanto, se inscreveu:

- o número do “grupo de apoio” a que pertence;

- a data de início da acção do respectivo grupo;

-  o NIB da conta, pertencente à Paróquia de Santa Maria de Belém (Jerónimos), criada especificamente para esse grupo; e

- o nome dos restantes nove elementos que compõem o respectivo grupo.

Para inscrever-se, deverá enviar um e-mail para jeronimos.familias@gmail.com, endereço criado especificamente para esta acção, indicando:

- nome;

- morada;

- telefone(s);

- n.º fiscal

- nome de pessoa amiga que, igualmente, queira integrar os "grupos de apoio a famílias", a qual deverá também inscrever-se nos mesmos moldes.

 Pode encontrar-se notícia desta acção de intervenção social em:

www.paroquia-smbelem.pt/smbelem_home.htm

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE), a Associação Sindical dos Professores Licenciados (ASPL) e o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) estão, igualmente, a divulgar estão acção de intervenção social nos respectivos sites.

 Presentemente, esta acção de intervenção social conta já com mais de 150 pessoas inscritas para integrarem os “grupos de apoio a famílias” ― expressivo sinal da força do sentimento de solidariedade existente na sociedade civil.

A tal, certamente, também não será alheia a resposta positiva ao pedido que temos feito no sentido de cada pessoa "cativar" um amigo, em ordem a tornar possível a criação, em tempo útil, de uma verdadeira rede de solidariedade.

Na mesma linha, nos vários contactos encetados junto de diversas entidades ― nomeadamente, Sindicatos (ASJP, ASPL, SMMP, FNE, STE, etc.), Gulbenkian, CTT, BPI, Siemens, Lions Clubes-Portugal, Delta Cafés ― não temos pedido qualquer apoio monetário para esta acção, mas antes solicitado a divulgação do movimento, pelos associados/funcionários, bem como a sua motivação para integração nos "grupos de apoio a famílias". Sugerimos, somente, às empresas que perspectivem a possibilidade de, no âmbito do seu mecenato, suportarem uma parcela do apoio individual (83 cêntimos/dia) de cada seu trabalhador que venha a aderir a esta acção de intervenção social.

Efectivamente, o desenvolvimento, na sociedade civil, de um forte sentimento de solidariedade para com os mais frágeis ― este ano apoiando famílias, para o ano, porventura, idosos cuja pequena reforma não permite sequer satisfazer necessidades de saúde ― é tão importante quanto o apoio económico que pudéssemos receber de uma empresa.

Daí também o pedido e a insistência que fazemos no sentido de que cada pessoa, que queira integrar um "grupo de apoio a famílias", traga mais um amigo.

Tendo em vista o sentido e os objectivos desta acção de intervenção social e a importância, individual e colectiva, da formação da correspondente rede, constituiria um relevante apoio poder contar com a sua capacidade de intervenção e de mobilização.

Permitimo-nos, por isso, solicitar, ainda, a divulgação da presente acção de solidariedade junto de seus familiares e amigos, acompanhada de sensibilização pessoal para integração na rede. 

publicado por Nucha às 12:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

A Madeira precisa de ajuda...

Via Facebook,chegou-me esta mensagem à qual não posso ficar indiferente.

Tenho obrigação de a partilhar.

Aqui fica mais um apelo à  vossa solidariedade!

 

PARA QUEM QUISER AJUDAR:

A Madeira precisa de ajuda.

O envio de roupa, adequada e em bom estado, é urgente.

Os CTT estão a oferecer o transporte e a embalagem. Basta ir a qualquer uma das 900 estações de Correios, pedir a caixa solidária e pôr como destinatário: "MADEIRA".

Não é preciso selo nem morada. Os serviços dos CTT tratarão de entregar as caixas às instituições locais.

 

publicado por Nucha às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

Como ajudar a Madeira...

A tragédia na Madeira já levou diversas instituições a abrirem contas bancárias direccionadas para a ajuda às populações da ilha. Saiba aqui como pode ajudar.

publicado por Nucha às 15:31
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010

Escrito por Regina Brett...

1. A vida não é justa, mas mesmo assim vale a pena.
2. Quando estiveres em dúvida, dá apenas o pequeno passo seguinte.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo a odiar alguém.
4. O teu trabalho não vai cuidar de ti quando adoeceres. Os teus pais e
amigos vão. Mantém o contacto.
5. Paga as tuas facturas do cartão de crédito todos os meses.
6. Tu não tens que vencer todas as discussões. Concorda para discordar.
7. Chora com alguém. É mais curativo do que chorar sozinho.
8. Não faz mal se ficares danado com Deus. Ele aguenta.
9. Poupa para a reforma começando com o teu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, a resistência é em vão.
11. Sela a paz com o teu passado para que ele não estrague o teu presente.
12. Não faz mal se os teus filhos te virem chorar.
13. Não compares a tua vida com a dos outros. Tu não tens ideia do que sepassa na vida deles.
14. Se  tiveres que manter um relacionamento em segredo, cai fora dele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não te preocupes, Deus nunca pisca.
16. Respira bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Desfaz-te de tudo o que não é útil, bonito e prazenteiro.
18. O que não te mata, realmente torna-te mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de ti e de mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que tu amas na vida, não aceites NÃO
como resposta.
21. Acende velas, coloca lençóis bonitos, usa lingerie elegante. Não
guardes para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepara-te bastante, depois deixa-te levar pela maré...
23. Sê excêntrico agora, não esperes ficar velho para usar púrpura.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela tua felicidade além de ti.
26. Encara cada "desastre" com estas palavras: Em cinco anos, vai ter
importância?
27. Escolhe sempre a vida.
28. Perdoa tudo a todos.
29. O que as outras pessoas pensam de ti não é da tua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dá tempo ao tempo.
31. Independentemente de a situação ser boa ou má, irá mudar.
32. Não te leves tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredita em milagres.
34. Deus ama-te por causa de quem Deus é, não pelo o que tu fizeste ou
deixaste de fazer.
35. Não faças auditorias à tua vida. Aparece e faz o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que a alternativa: morrer jovem.
37. Os teus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa no final é que tu amaste.
39. Vai à rua todos os dias. Em todos os lugares estão à espera milagres. 
40. Se todos jogássemos os nossos problemas numa pilha e víssemos os dos outros, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Tu já tens tudo o que precisas.
42. O melhor está para vir.
43. Não importa como te sintas, levanta-te, veste-te e aparece.
44. Produz.
45. A vida não vem embrulhada num laço, mas mesmo assim é um presente!!!

 

 

publicado por Nucha às 13:36
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Obrigada, SAPO!!!

O TCC foi hoje destaque no SAPO...

Aqui fica um mimo de agradecimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Nucha às 23:22
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito

Silêncio...também é preciso!

 

publicado por Nucha às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

O menino que consertou o mundo...

 

publicado por Nucha às 14:25
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Domingo, 14 de Fevereiro de 2010

Dia dos Namorados...

 

publicado por Nucha às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

Vamos adoçar quem mais precisa?

Já aqui lancei a Campanha dos pacotes de açúcar.

Venho aqui relembrar que para além de estarmos a contribuir para a Comunidade Vida e Paz, estamos também a contribuir para a Igreja de Santa Isabel.

A Comunidade teve a amabilidade de se dar a conhecer  para podermos divulgar aqui:

 


A CVPaz num minuto:

 

·   A CVPaz é uma organização que apoia os sem-abrigo, com o objectivo de os reinserir como cidadãos participativos na sociedade. É uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) tutelada pelo Patriarcado de Lisboa e com sede em Alvalade. É de inspiração cristã, mas congratula-se com o facto de ter o apoio de imensas entidades e pessoas de diferente fé e diferente fundamentação humanística, que se lhe unem no sentido de prestar serviço à sociedade.

 

·   Distribui comida (28 800 sandes e 1920 litros de leite por mês) e roupa por cerca de 450 sem-abrigo de Lisboa todas as noites do ano, como forma de construir uma relação com estas pessoas, que permita conhecer a sua situação e ajudá-los ou encorajá-los a entrar no programa de recuperação. A distribuição de comida e roupa é feita pelas equipas de rua. Cada noite, 3 equipas (em média, com 9 elementos), percorrem 3 percursos diferentes na cidade de Lisboa. Várias empresas e benfeitores contribuem para o conteúdo das ceias (duas sandes, um bolo, uma peça de fruta e leite), e algumas contribuem também com voluntários. Deverá ser criada uma 4ª volta ainda no último trimestre de 2009.

 

·   O programa de recuperação é realizado num dos 3 centros terapêuticos da Comunidade (Quinta da Tomada, Quinta do Espírito Santo e Quinta de Fátima) e passa pela desabituação de substâncias, no caso de dependentes de álcool ou drogas, mas também e sobretudo pela aquisição duma nova atitude perante a vida e competências que aumentem a possibilidade de encontrar um emprego. A Comunidade Vida e Paz já ajudou mais de 1600 pessoas a encontrar o verdadeiro rumo da sua vida – um que é livre de dependências e abundante na esperança por dias sucessivamente melhores.

 

·   A Festa de Natal é o evento mais emblemático da CVPaz. As associações comuns à época natalícia fazem desta uma altura privilegiada para catalisar a mudança. Ao proporcionarmos comida quente, roupa e higiene, lembramos as pessoas que uma vida melhor está à distância duma decisão. O evento tem uma equipa de cerca de 1000 voluntários e recebe mais de 2500 convidados ao longo de três dias, proporcionando, para além da comida e roupa e higiene, o conforto físico e emocional de que estão usualmente privados. Em 2009, o Natal realiza-se nos dias 18, 19 e 20 de Dezembro, na Universidade de Lisboa – Cantina 1. Os destaques deste ano incluem a possibilidade dos convidados tomarem um banho quente e vestirem roupa limpa em instalações confortáveis, além duma “loja informativa”, para conhecerem as formas de renovar, actualizar ou simplesmente obter documentação que lhes permita arranjar emprego e ter acesso a cuidados de saúde!

 

 

publicado por Nucha às 10:57
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.posts recentes

. IRS - Abra as portas a es...

. Vida...

. Rodoviária melhora acessi...

. Portugueses criam máquina...

. Para a prima mais bonita ...

. Vamos dar rodas ao André....

. "Seja a diferença na vida...

. Porque hoje faço anos...

. Abrir um ano novinho em f...

. Feliz Ano Novo...

.Subscrever por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

As fotos publicadas neste blog não são, na sua maioria, da minha autoria. Inspiro-me simplesmente quando vejo algumas e guardo-as. Uso-as quando elas permitem expressar o que sinto ou quero dizer. Espero que sejam tão inspiradoras para si como o são para mim. Se for autor de alguma das fotos que se encontram neste blog, cujo principal fundamento é a solidariedade, agradeço que me contacte para poder colocar o seu nome com os devidos créditos de autoria, ou se preferir posso retirá-la,basta enviar-me um e-mail ou deixar um comentário.
blogs SAPO

.subscrever feeds