Sábado, 24 de Outubro de 2009

António Lobo Antunes na Grande Entrevista da RTP

Lamento não conseguir fazer o upload do vídeo as não posso deixar de o passar aqui.

Uma entrevista muito boa do escritor onde ele se expõe de uma forma fantástica enquanto ser humano.

Fala da doença, da sua fragilidade. A experiência do sofrimento marca-o de uma forma profunda e radical.  

Fala das mulheres da sua vida. Fala com ternura e saudade da sua avó materna. Fala dos amigos e de como os passou a beijar...fala de quem admira e cita Duarte Lima na sua luta com a doença. Descobrimos que, atrás daquela “carapaça” há um homem terno e cheio de afectos. Muito bom!

A não perder.

 AQUI!

publicado por Nucha às 10:52
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Fátima a 24 de Outubro de 2009 às 19:00
Também vi esta entrevista e não sendo já a primeira vez que tenho o privilégio de ouvir António Lobo Antunes, é sempre uma emoção.
Beijinhos,
De Nucha a 25 de Outubro de 2009 às 14:04
Fátima,
Foi, de facto, emocionante.
Abraços.
De Marta M a 25 de Outubro de 2009 às 00:06
[Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=incorrect name="incorrect" <a>Nucha</A> :</P>
Esta sempre disponível para nos lembrar boas notícias ou testemunhos que nos deixam mais ricas!
Ainda não tive oportunidade de ver o vídeo, mas prometo que, com a tua recomendação, não deixarei de fazer.
Gosto e admiro a escrita de Lobo Antunes. Tem uma alma densa e nostálgica desde a juventude. Já leste as cartas que ele escrevia à sua mulher desde o Ultramar?
As filhas publicaram-nas após o falecimento da mãe.
Comovedoras - para usar a palavra que melhor as define.
Bom fim de semana amiga!
De Nucha a 25 de Outubro de 2009 às 14:03
Marta, 
Adorei esta entrevista e sei que te vai tocar.
Não li essas cartas ainda. Vou buscar o livro a casa dos meus pais...hoje se puder! 
Desejo-te um bom resto de domingo.
De descobrirafelicidade a 25 de Outubro de 2009 às 09:41
Nucha

Também me tocou muito esta entrevista na sua humanidade. Frases que me ficaram: "A arte talvez seja a forma suprema de dignificação do homem"; "Aprendizagem da dor e da alegria que pode existir nessa dor"; "Estar mais perto do coração da vida"; "Conseguir conservar a virgindade do olhar". Uma entrevista que nos ajuda a "chegar mais perto do coração da vida". Um domingo bom para ti amiga.
De Nucha a 25 de Outubro de 2009 às 14:01
Teresa, 
Exactamente. Um homem a quem a dor tornou mais transparente, não foi?
Capaz de verbalizar sem pudor.
Bom domingo para ti também.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 24 seguidores

.pesquisar

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Subscrever por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

As fotos publicadas neste blog não são, na sua maioria, da minha autoria. Inspiro-me simplesmente quando vejo algumas e guardo-as. Uso-as quando elas permitem expressar o que sinto ou quero dizer. Espero que sejam tão inspiradoras para si como o são para mim. Se for autor de alguma das fotos que se encontram neste blog, cujo principal fundamento é a solidariedade, agradeço que me contacte para poder colocar o seu nome com os devidos créditos de autoria, ou se preferir posso retirá-la,basta enviar-me um e-mail ou deixar um comentário.
blogs SAPO

.subscrever feeds