Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

Grupos de apoio...

Está em desenvolvimento um movimento de intervenção social, que mereceu já o acolhimento de mais de uma centena de pessoas, que visa apoiar, durante um ano, com a quantia mensal de 250 euros, famílias que, residindo em qualquer ponto do país, passaram a encontrar-se em situação económica muitíssimo difícil, em virtude de despedimento, por fecho de fábricas ou outras empresas decorrente da presente crise.

A verificação do preenchimento das acima referidas circunstâncias relativas a cada família, que fundamentam a atribuição do apoio, é da responsabilidade do Padre Jardim Moreira, Presidente da Rede Europeia Anti Pobreza/Portugal, que, no momento, está já a seleccionar famílias residentes, nomeadamente, no Vale do Ave.

Para efectivar o apoio, são constituídos grupos.

Cada grupo, composto por dez pessoas, responsabiliza-se pelo apoio económico, durante um ano, a uma família concreta, contribuindo, cada elemento do grupo, com 25 euros por mês.

A equipa coordenada pelo Padre Jardim Moreira verificará, ao 4.º e 8.º mês do decurso da acção, se a família continua a necessitar do referido apoio económico.

É da responsabilidade do Prior da Paróquia de Santa Maria de Belém (Jerónimos), em Lisboa, a abertura de conta específica dos Jerónimos, relativa a cada grupo, para recepção dos donativos, passagem dos correspondentes recibos e subsequente transferência para a família.

O nome da família a apoiar é confidencial, para respeitar o seu direito à intimidade e à privacidade.

Este movimento não tem qualquer conotação religiosa.

A situação do "próximo" assume, presentemente, tal gravidade que, para quem tem emprego assegurado, este apoio ― cerca de 83 cêntimos por dia, durante um ano ― não constitui apenas uma questão de solidariedade. É uma exigência de justiça!

Em ordem à criação de uma rede social de apoio aos mais frágeis, quem aderir a esta acção trará consigo mais uma pessoa amiga. E todos seremos poucos...

A presente acção de intervenção social iniciar‑se‑á quando forem indicadas, pelo Padre Jardim Moreira, as primeiras famílias.

Serão, então, comunicados a quem, entretanto, se inscreveu:

- o número do “grupo de apoio” a que pertence;

- a data de início da acção do respectivo grupo;

-  o NIB da conta, pertencente à Paróquia de Santa Maria de Belém (Jerónimos), criada especificamente para esse grupo; e

- o nome dos restantes nove elementos que compõem o respectivo grupo.

Para inscrever-se, deverá enviar um e-mail para jeronimos.familias@gmail.com, endereço criado especificamente para esta acção, indicando:

- nome;

- morada;

- telefone(s);

- n.º fiscal

- nome de pessoa amiga que, igualmente, queira integrar os "grupos de apoio a famílias", a qual deverá também inscrever-se nos mesmos moldes.

 Pode encontrar-se notícia desta acção de intervenção social em:

www.paroquia-smbelem.pt/smbelem_home.htm

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE), a Associação Sindical dos Professores Licenciados (ASPL) e o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) estão, igualmente, a divulgar estão acção de intervenção social nos respectivos sites.

 Presentemente, esta acção de intervenção social conta já com mais de 150 pessoas inscritas para integrarem os “grupos de apoio a famílias” ― expressivo sinal da força do sentimento de solidariedade existente na sociedade civil.

A tal, certamente, também não será alheia a resposta positiva ao pedido que temos feito no sentido de cada pessoa "cativar" um amigo, em ordem a tornar possível a criação, em tempo útil, de uma verdadeira rede de solidariedade.

Na mesma linha, nos vários contactos encetados junto de diversas entidades ― nomeadamente, Sindicatos (ASJP, ASPL, SMMP, FNE, STE, etc.), Gulbenkian, CTT, BPI, Siemens, Lions Clubes-Portugal, Delta Cafés ― não temos pedido qualquer apoio monetário para esta acção, mas antes solicitado a divulgação do movimento, pelos associados/funcionários, bem como a sua motivação para integração nos "grupos de apoio a famílias". Sugerimos, somente, às empresas que perspectivem a possibilidade de, no âmbito do seu mecenato, suportarem uma parcela do apoio individual (83 cêntimos/dia) de cada seu trabalhador que venha a aderir a esta acção de intervenção social.

Efectivamente, o desenvolvimento, na sociedade civil, de um forte sentimento de solidariedade para com os mais frágeis ― este ano apoiando famílias, para o ano, porventura, idosos cuja pequena reforma não permite sequer satisfazer necessidades de saúde ― é tão importante quanto o apoio económico que pudéssemos receber de uma empresa.

Daí também o pedido e a insistência que fazemos no sentido de que cada pessoa, que queira integrar um "grupo de apoio a famílias", traga mais um amigo.

Tendo em vista o sentido e os objectivos desta acção de intervenção social e a importância, individual e colectiva, da formação da correspondente rede, constituiria um relevante apoio poder contar com a sua capacidade de intervenção e de mobilização.

Permitimo-nos, por isso, solicitar, ainda, a divulgação da presente acção de solidariedade junto de seus familiares e amigos, acompanhada de sensibilização pessoal para integração na rede. 

publicado por Nucha às 12:52
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De AMC a 20 de Março de 2010 às 07:52

obrigada Paula!
Eu já aderi!
Um beijo
De Nucha a 20 de Março de 2010 às 10:42
Ana, 
Ainda bem que há gente de boa vontade.
Beijo grande.
De odete maria de oliveira a 8 de Julho de 2010 às 14:33
Vi, só agora, que fez a divulgação no seu blog do início do movimento de solidariedade social "Grupos de Apoio a Famílias". Caso seja possível, muito agradecia o favor de entrar em contacto connosco. Com os melhores cumprimentos, odete maria de oliveira
De Nucha a 13 de Setembro de 2010 às 18:40
Sra D. Odete, 
Como entro em contacto convosco?
Pode sempre utilizar o meu email.
Melhores cumprimentos, 
Nucha

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.posts recentes

. IRS - Abra as portas a es...

. Vida...

. Rodoviária melhora acessi...

. Portugueses criam máquina...

. Para a prima mais bonita ...

. Vamos dar rodas ao André....

. "Seja a diferença na vida...

. Porque hoje faço anos...

. Abrir um ano novinho em f...

. Feliz Ano Novo...

.Subscrever por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

As fotos publicadas neste blog não são, na sua maioria, da minha autoria. Inspiro-me simplesmente quando vejo algumas e guardo-as. Uso-as quando elas permitem expressar o que sinto ou quero dizer. Espero que sejam tão inspiradoras para si como o são para mim. Se for autor de alguma das fotos que se encontram neste blog, cujo principal fundamento é a solidariedade, agradeço que me contacte para poder colocar o seu nome com os devidos créditos de autoria, ou se preferir posso retirá-la,basta enviar-me um e-mail ou deixar um comentário.
blogs SAPO

.subscrever feeds