Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

Josefa, a bombeira!

"Josefa, 21 anos, a viver com a mãe. Estudante de Engenharia Biomédica, trabalhadora de supermercado em part-time e bombeira voluntária. Acumulava trabalhos e não cargos - e essa pode ser uma primeira explicação para a não conhecermos. Afinal, uma jovem daquelas que frequentamos nas revistas de consultório, arranja forma de chamar os holofotes. Se é futebolista, pinta o cabelo de cores impossíveis; se é cantora, mostra o futebolista com quem namora; e se quer ser mesmo importante, é mandatária de juventude.

Não entra é na cabeça de uma jovem dispersar-se em ninharias acumuladas: um curso no Porto, caixeirinha em Santa Maria da Feira e bombeira de Verão.
Daí não a conhecermos, à Josefa. Chegava-lhe, talvez, que um colega mais experiente dissesse dela: "Ela era das poucas pessoas com que um gajo sabia que podia contar nas piores alturas."
Enfim, 15 minutos de fama só se ocorresse um azar... Aconteceu: anteontem, Josefa morreu em Monte Mêda, Gondomar, cercada das chamas dos outros que foi apagar de graça. A morte de uma jovem é sempre uma coisa tão enorme para os seus que, evidentemente, nem trato aqui. Interessa-me, na Josefa, relevar o que ela nos disse: que há miúdos de 21 anos que são estudantes e trabalhadores e bombeiros, sem nós sabermos.
Como é possível, nos dias comuns e não de tragédia, não ouvirmos falar das "Josefas que são o sal da nossa terra?"

Por FERREIRA FERNANDES, Diário de Notícias

 

J

publicado por Nucha às 14:49
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De Gorduchita a 28 de Setembro de 2010 às 15:34
Mais uma alma que se perde nesta luta inglória contra o fogo.
Mais uma cidadã dedicada que ninguém reconhece.

Que quem com ela lidou a honre e que outros aprendam com quem se dedica aos outros, em troca de nada.
De Nucha a 29 de Setembro de 2010 às 09:22
Gorduchita,
Bem vinda!
É bem verdade...mais uma heroína que passa despercebida.
É essa "troca de nada" que deverá ser uma lição para todos nós.
Abraço, 
Nucha
De Marta M a 28 de Setembro de 2010 às 18:42
[Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P class=incorrect name="incorrect" <a>Nucha</A> :</P>
Esta foi uma das mais tristes ocorrências do verão incendiário, mais vergonhoso que já tivemos .
Felizmente as novas gerações ainda vão tentando "consertar" o mundo.
Mesmo com este desfecho terrível, o exemplo fica e a esperança teve um novo fôlego, ainda que curto.
Triste, mas a sua memória e o seu trabalho em prol da comunidade , graças a pessoas como tu, não desaparece tão cedo.
Obrigada por lembrares.
Abraço
Marta M
De Nucha a 29 de Setembro de 2010 às 09:24
Marta, 
Eu faço muito pouco...diria nada, quando confrontada com estes casos.
É preciso lembrar as Josefas deste mundo.
Abraço para ti,
Nucha
De Marcolino a 28 de Setembro de 2010 às 23:51
Olá, Nucha!
Quando esta jovem, na flôr da vida, faleceu, vi numa das Tv's, uma reportagem sobre esta Grande Mulher, que trabalhava para ajudar a mãe a custear-lhe os estudos de Engenharia Biomédica, era Bombeira Voluntária por altruismo, um Ser Humano Generoso dos da cabeça aos pés...!
Só Deus sabe porque a levou, desta forma...!
Abraço
Marcolino
De Nucha a 29 de Setembro de 2010 às 09:26
Marcolino, 
É nestes casos que duvidamos? Certo?
Pomos em causa e desacreditamos...
Abraço,
Nucha
De Joana Freudenthal a 29 de Setembro de 2010 às 10:11
Não, Nuchinha, não duvidamos nem desacreditamos.
Que culpa tem Deus que os homens sejam estúpidos e encendeiem o país?
Desculpa, mas já sabes que tinha de vir em defesa do meu Princípe Encantado...

Foi realmente uma história de arrepiar por todas as razões e mais algumas. Pela valentia, pela generosidade, pelo Amor, pela dor. Da Josefa e de toda a família.

Obrigada por lembrares!   
De Nucha a 29 de Setembro de 2010 às 10:45
Querida Joana, 
Desacreditar e por em causa não quer dizer que não acreditemos (confuso?)...mas surgem as interrogações próprias do ser humano, é isso que quero dizer.
Claro que Deus não tem culpa da estupidez dos Homens.
Tu percebes o que quero dizer mas obrigada por seres mais clara do que eu.
Beijinhos,
Nucha
De Joana Freudenthal a 30 de Setembro de 2010 às 09:20
Nuchinha querida,
Eu sei o que tu queres dizer.
E percebo.
E também sei que tu também me percebes e se calhar sabias qu eu viria de capa e espada em defesa.
Boa a nossa converseta de ontem.
Beijinhos aos molhos.
Joana
De Marcolino a 30 de Setembro de 2010 às 17:07
Olá Nucha!
Desde que nascemos, escutamos à nossa volta que Deus é o Criador, Omnisciente, Omnipresente, o tal Amor Fraternal Universal que a todos os seus filhos Ama de igual forma!
A par deste grande Louvor a Deus há quem o desacredite quando nos acontece algo fora do nosso controlo, isto é, um Tsunami, uma doença nada mesmo a calhar, uma morte de lguém de que é querido e logo aparecem ous doutos encarregados de O desvirtuar dizendo que tudo aquilo aconteceu por Sua culpa...
É aqui que aparece um novo deus, um deus uma vez da Luz, outra vez das trevas, um deus bipolar...!
Mas como Deus Verdadeiro é Bondade Pura, olha para os das dúvidas bipolares, sempre na certeza de que mais dia, menos dia acabarão por acreditar que Ele, Deus, é o Criador, Omnisciente, Omnipresente, o tal Amor Fraternal Universal que a todos os seus filhos Ama de igual forma.
Sempre me quedei com o Deus Bom...!
Abraço
Marcolino

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 24 seguidores

.pesquisar

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Subscrever por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

As fotos publicadas neste blog não são, na sua maioria, da minha autoria. Inspiro-me simplesmente quando vejo algumas e guardo-as. Uso-as quando elas permitem expressar o que sinto ou quero dizer. Espero que sejam tão inspiradoras para si como o são para mim. Se for autor de alguma das fotos que se encontram neste blog, cujo principal fundamento é a solidariedade, agradeço que me contacte para poder colocar o seu nome com os devidos créditos de autoria, ou se preferir posso retirá-la,basta enviar-me um e-mail ou deixar um comentário.
blogs SAPO

.subscrever feeds